fbpx

Matemáticas para Todos (Mimate)


Instituição executora: Instituto Apoyo

País: Peru

Fonte: IPA

Período de execução: 2008 – en curso

Plataforma de Prácticas Efectivas:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/orgsummaedu/public_html/wp-content/themes/summa/single-mapa.php on line 348

Desafios

Promover o gosto pela matemática, fortalecer o raciocínio lógico, melhorar o rendimento dos escolares nesta matéria e obter aprendizagens permanentes.

Solução

Programa extracurricular focado na alfabetização numérica e na compreensão de formas, fornecendo suporte aos docentes.

Resultados

A capacitação dos docentes tem permitido criar um ambiente favorável na sala de aula, incrementando as atividades pedagógicas baseadas no jogo e melhorando a expressão das crianças.

O Mímate Inicial é um programa educacional de matemática concebido e implementado pelo Instituto de Apoio em coordenação com o Ministério da Educação Peruano e com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O Mimate iniciou no ano 2008 para alunos do primeiro e terceiro ano de nível primário de 8 estabelecimentos públicos em Talara. No ano de 2009, um convênio com a organização Fe y Alegría permitiu empreender um processo de melhoramento do ensino da matemática por meio de reuniões e capacitações com professores das 48 escolas da Fe y Alegría.

A partir desta experiência se desenvolveu o Mimate Inicial, Mimate Primaria, Secundaria, Refuerzos e Festivales. O Mimate Inicial tem como alvo crianças de 3 e 5 anos de berçários. Consiste em 3 sessões semanais em classes de 45 minutos. Os professores dividem os alunos em pequenos grupos para gerar microespaços de intercâmbio. As metas de aprendizagem se relacionam com os diferentes usos dos números e com o reconhecimento de formas geométricas. As crianças trabalham com transformações geométricas e simetria, manipulam objetos, identificam relações espaciais e se familiarizam com a sequência numérica de 1 a 12.

O modelo pedagógico busca reverter o modelo de aprendizagem tradicional vertical para encorajar as crianças a aprender de forma lúdica e no seu ritmo. Eles recebem um livro que contém os principais eixos da aritmética e textos que relatam histórias e situações nas quais os escolares devem calcular. Os conhecimentos divulgados correspondem a situações cotidianas, o que permite organizar o ambiente das crianças em idade escolar por meio de “lentes matemáticas”. Com isso, consegue-se que a matemática seja estimulante, interessante e útil.

Os docentes recebem um manual com orientações e exercícios práticos para realizar em sala de aula, assim como planos de trabalho para estruturar o tempo e acompanhar o progresso das atividades. Eles são treinados no uso da metodologia e dos materiais particulares do Mimate. Os docentes participam também a cada dois meses de reuniões de interaprendizagem em grupos mais locais para que possam compartilhar suas experiências.

De acordo com o exame PISA do ano de 2012, os estudantes peruanos conseguiram pontuações mais baixas em matemática, leitura e ciência, apesar de ter com uma taxa de matrícula no nível primário e secundário de mais de 90% e 75% respectivamente. A taxa de participação na educação inicial, para crianças entre 3 e 5 anos, cresceu 53% a 75% entre os anos de 2001 e 2012. O desafio nesse contexto é melhorar as habilidades de matemática e leitura para os estudantes peruanos.

Entre os anos de 2012 e 2014, Innovation for Poverty Action (IPA) realizou um estudo experimental com um grupo de controle para medir o impacto do Minimate Inicial sobre as habilidades motoras das crianças, seus conhecimentos de matemática e seu desenvolvimento socioemocional. Cerca de 2.400 alunos participaram das provas iniciais e de curto prazo, enquanto que 2.416 crianças participaram nas provas de referência e de médio prazo.

A comparação dos resultados observados nos dois grupos mostrou efeitos positivos da capacitação aos docentes na criação de um ambiente favorável na sala de aula. Os professores tendem a aumentar as atividades pedagógicas baseadas no jogo, o que melhora a expressão das crianças.

Embora o currículo proposto tem efeitos muito moderados no aumento das habilidades das crianças na matemática e leitura em relação a outros programas afins, implementação do Mimate implica um avanço progressivo na implementação de sessões centradas no ensino de modalidades. Os ditos resultados sugerem um impacto estatisticamente significativo depois de um ano de implementação e alguns efeitos persistentes posteriormente.

Considerando o custo relativamente baixo do programa Mimate (USD150/ criança) a inovação representa uma solução oportuna para melhorar a relação professores-crianças, criando um ambiente lúdico em sala de aula.

Tags:

Otros usuarios han visto

Vistas recientes