Rescate Lector


Instituição executora: Fundación AraucaníAprende

País: Chile

Fonte: Fundación Telefónica

Período de execução: 2009 - en curso

Plataforma de Prácticas Efectivas:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/orgsummaedu/public_html/wp-content/themes/summa/single-mapa.php on line 348

Desafios

Fazer com que os alunos progridam em suas habilidades de leitura e que leiam 90 palavras por minuto.

Solução

Tutorial intensivo de professores auxiliares para grupos pequenos de reforço em leitura.

Resultados

O programa permite aumentar a média, a partir de 63 até 101 palavras lidas por minuto.

O Rescate Lector é um programa de reforço de leitura para crianças do segundo ano fundamental que pertencem aos setores mais pobres e com rendimento educacional menor da nona região. A Fundación AraucaníAprende trabalha com escolas básicas subsidiadas (municipais e particulares) que têm obtido constantemente baixos resultados de aprendizagem no exame SIMCE, e cujos docentes assumem um compromisso explícito de melhoramento educacional.

A iniciativa partiu de maneira independente no ano de 2009, e no ano seguinte firmou um convênio com o Ministério da Educação para atingir 2000 estudantes no 4º ano fundamental. O Rescate Lector fornece apoio personalizado aos estudantes do 2º ano da educação primária, reunidos em pequenos grupos de 4 a 8 pessoas durante os horários de classe. Para identificar as crianças, existe um diagnóstico que determina sua velocidade de leitura inicial. A principal inovação do programa reside na contratação de professores aposentados que tenham exercido no primeiro ciclo primário para formar a equipe de “Resgatadores”. É atribuída a cada um deles, um grupo de crianças em uma escola específica. O convênio define que se pagará ao tutor CL$1.100 por cada palavra que a criança incremente na sua velocidade de leitura até chegar a um mínimo de 90 palavras por minuto.

Os estudantes assistem a sessões durante 5 semanas de trabalho, podendo variar em função do nível inicial de leitura. São atendidos pelo professor “resgatador” em um espaço tranquilo e independente da sala de aula (biblioteca, sala dos professores, sala de informática, etc.). Os horários de atendimento devem ser estabelecidos de acordo mútuo entre a direção do estabelecimento, o professor encarregado das crianças na escola e o professor resgatador. Para constatar que as crianças atendidas tenham alcançado a velocidade de leitura mínima exigida, um profissional externo realiza a avaliação enquanto o resgatador avalia se a criança atingiu o mínimo de palavras por minuto. Uma vez que a criança tenha alcançado o mínimo de palavras definidas por minuto, o estudante sai do programa e o professor é pago.

Tanto no ano de 2012 como no ano de 2015, os jovens de 15 anos de idade têm mostrado no exame PISA resultados médios de leitura abaixo da média mundial (441 e 459 respectivamente). Os diferentes processos de avaliação de leitura desenvolvidos pela Fundación AraucaníAprende têm permitido corroborar a tendência entre as crianças do primeiro ciclo do ensino básico em escolas vulneráveis da nona região. Seus resultados têm mostrado que durante o ano de 2006, de acordo com os resultados das medições do Ministério da Educação, aproximadamente 60% dos estudantes do 4º ano do ensino básico não conseguiram atingir as competências mínimas de leitura, com uma percentagem de aproximadamente 10% cuja leitura era silábica ou nula.

O Centros de Estudos do Ministério da Educação realizou um estudo experimental com um grupo de controle para apreciar o impacto do programa Rescate Lector sobre as capacidades das crianças quanto à leitura. Com o objetivo de procurar isolar os efeitos do programa de outras variáveis que podem potencialmente explicar as mudanças nas pontuações dos estudantes no exame SIMCE, são desenvolvidos os modelos: diferenças em diferenças (DD) e uma análise de painel de depuração com pareamento por escore de propensão (PSM).

A análise comparativa dos resultados entre o grupo de intervenção e o grupo de controle permitiu revelar um aumento de 40 palavras lidas em média por minuto. O efeito do programa nos resultados SIMCE é positivo e estatisticamente significativo, em uma faixa que vai desde 3,55 pontos a 4,55 pontos no caso do exame de Linguagem, e de 4,67 a 6,01 no caso de Matemática.

Dado o custo relativamente baixo do programa (USD 150 por criança) o Rescate Lector, representa uma inovação com potencialidade de replicabilidade em contextos que apresentam altos graus de vulnerabilidade e que contam com uma população de professores aposentados.

Enlace: http://www.araucaniaprende.cl/

Resumo: Ver informe

Documentos adicionais:

Tags:

Otros usuarios han visto

Vistas recientes